TUBERCULOSE (TB) é uma doença infeciosa causada pela bactéria da espécie Mycobacterium tuberculosis (na imagem à direita), também conhecida como bacilo de koch em homenagem ao cientista que a descobriu Robert Koch em 1882. Este bacilo ainda não foi encontrado noutros animais.
Esta bactéria afeta principalmente os pulmões, mas também pode provocar danos noutras partes do organismo como ossos, articulações, rins, laringe articulações, a pele, os gânglios linfáticos, os intestinos e o sistema nervoso. Se não for tratada atempadamente e corretamente esta doença pode ser fatal. Apesar de ser uma das doenças infeciosas que causa mais mortalidade no mundo é uma enfermidade que tem cura e pode ser prevenida.

Procure os valores estimados para esta doença em cada país nesta aplicação da OMS. 

Modo de transmissão

A tuberculose é uma doença contagiosa provocada por uma bactéria do ar e pode ser transmitida de pessoa para pessoa pela via aérea: quando um indivíduo que está doente fala, canta, tosse ou espirra, expele pequenas partículas de saliva que contêm o agente infecioso que podem infetar outros que estejam em seu redor e inalam estas bactérias libertadas.
Infeção por Mycobacterium tuberculosis - Tuberculose Latente não contagiosa
Por vezes a bactéria pode permanecer em estado latente (adormecida, não ativa) dentro do organismo do ser humano por muitos anos, sem provocar qualquer tipo de sintoma. Nestes casos não pode ocorrer transmissão do agente infecioso de pessoa para pessoa. Só uma pessoa infetada pela bactéria e doente (com tuberculose) pode contagiar os outros. Contudo, qualquer pessoa infetada pode vir a desenvolver mais tarde a doença e, como tal, é importante que obtenha o tratamento adequado.
Doença - Tuberculose ativa contagiosa
Existem situações, principalmente casos de pessoas com sistema imunológico debilitado (por exemplo: com diabetes, infetadas por HIV, a fazer determinados tipos de tratamentos como quimioterapia) que desenvolvem a doença poucos dias depois de serem infetadas pela bactéria. Noutros casos esta pode permanecer latente durante algum tempo tornando-se ativa quando o sistema imunitário fica mais fragilizado e não consegue combater as bactérias que, consequentemente, se multiplicam e espalham pelo organismo desencadeando a doença da tuberculose ativa. Os indivíduos infetados começam a apresentar sintomas característicos desta doença e já se tornam vetores de transmissão.
Se pensa que poderá ter sido exposto à bactéria causadora da tuberculose contacte um médico.

Sintomas

Uma pessoa com Tuberculose ativa pode apresentar diferentes sintomas dependendo do local do organismo infetado pela bactéria. No entanto os casos mais comuns são os de Tuberculose pulmonar (afeta os pulmões). Os indícios mais comuns desta doença pulmonar são:
  Fraqueza
  Cansaço
  Febre
  Perda de peso
  Suores noturnos
  Falta de apetite
  Dor no peito
Tosse persistente seca ou com expetoração (com ou sem sangue)
Nas situações mais graves pode ocorrer também:
  Dificuldade em respirar
  Acumulação de secreção
  Perdas de sangue por via respiratória

  Fatores de Risco

Existem algumas condições de saúde e determinados comportamentos que podem fazer com que a pessoa seja mais propensa a contrariar a doença nomeadamente se:
- Está infetada com VIH (vírus da imunodeficiência humana)
- Consome álcool ou tabaco com frequência.
- Foi recentemente infetada com o bacilo de Koch (nos últimos 2 anos).
- Não tratou corretamente um caso de tuberculose que surgiu anteriormente.
- Tem outros problemas de saúde que comprometem o sistema imunitário (diabetes e desnutrição).
- Os profissionais de saúde

Prevenção

> Evitar que pessoas com tuberculose latente desenvolvam tuberculose ativa que já é uma forma transmissível da doença.
> Evitar o contacto com doentes, especialmente em locais fechados ou com muitas pessoas.
> A tuberculose é uma doença transmitida pelo ar e como tal deve-se evitar espaços climatizados.
> A melhor forma de prevenção contra a doença é a imunização através da vacina BCG (Bacilo Calmette-Guérin que combate a bactéria causadora da doença), recomendada pela Organização Mundial de Saúde a todos os países que têm contacto com a doença. No entanto é aconselhável que esta vacinação seja feita em crianças recém-nascidas.

Veja como ter acesso à vacina BCG em Portugal e no Reino Unido. Em Portugal faz parte do Plano Nacional de Vacinação sendo gratuita, mas no Reino Unido só é inserida no Sistema nacional de saúde em crianças que apresentam elevado risco de contrair a doença.

Incidência Mundial De tuberculose

Fonte: Imagem da World Health Organization 

 

Para saber mais informação consultar:
National Institute of Allergy and infectious Diseases
Centre for disease control and prevention
Organização Mundial de Saúde
10 fatos sobre a Tuberculose