O DESMAIO, também designado de SÍNCOPE, é a perda de consciência súbita por um curto período de tempo. Um desmaio geralmente ocorre quando há uma descida da pressão arterial abrupta, provocando uma diminuição do fluxo sanguíneo e, consequentemente, diminuição do oxigénio e nutrientes que chegam ao cérebro. Por vezes podem ocorrer leves contrações espasmódicas ou movimentos convulsivos. O episódio dura apenas alguns minutos e a recuperação é normalmente rápida e completa. Na maioria das ocorrências os desmaios não são indicadores de doenças graves, no entanto, se vir que a pessoa permanece inconsciente por um período mais prolongado, deve contactar a emergência médica rapidamente, porque pode ser um indício de um problema de saúde mais grave.

 

Quando desmaiar deve consultar um médico !

Causas

As causas para a ocorrência de um episódio de síncope nem sempre são explicáveis. No entanto, os fatores mais comuns, mas que podem não ser únicos, são:
  Exposição prolongada a muito calor
  Dor intensa
  Hiperventilação (respiração rápida e superficial)
  Levantar-se rápido demais de uma posição sentada ou deitada
  Stress
  Ficar na mesma posição de pé durante um longo período de tempo
  Diminuição de açúcar no sangue causada por diabetes ou longos períodos de jejum
  Prática intensa de exercício físico
  Tensão arterial baixa
  Desidratação
  Consumo de álcool ou drogas (que incluem determinados medicamentos)
  Fatores relacionados com o estado emocional: nervosismo, situação de pânico e medo
  Alguns problemas de saúde, por exemplo, cardíacos e neurológicos.
  Mudanças hormonais no início de uma gravidez.

  

Sinais que antecedem um desmaio

Existem alguns sintomas que podem ser indicadores que uma pessoa vai desmaiar: 

  Fraqueza   Náuseas   Suores frios
  Tonturas   Vontade de vomitar       Vertigem    
  Visão turva                 Perda da audição   Pele pálida
  Pressão arterial baixa    

 

Se sentir alguns destes sintomas ou estiver perto de alguém que demonstra estes sinais, o comportamento a ter é sentar, baixar a cabeça até aos joelhos e esperar a tontura passar. Assim poderá evitar a ocorrência de um desmaio. 

  

  

Vídeo realizado pelo INEM - como agir perante um Desmaio.

 

Como agir?

► Afastar a vítima de locais potencialmente perigosos.
► Deitar a pessoa no chão. Colocá-la de barriga para cima com as pernas mais elevadas que o resto do corpo para facilitar a circulação de sangue para o cérebro e pôr a cabeça de lado para facilitar a respiração e evitar possíveis asfixias por ocorrência de vómito.
► Desapertar a roupa, sempre que possível, de maneira a auxiliar a respiração.
► Tentar controlar possíveis hemorragias em caso de ferimento.
► Manter o local arejado e sem muitas pessoas á volta do acidentado.
► Comunicar com a pessoa desmaiada mesmo que esta não responda.
► Depois de recuperar de um episódio de síncope pode oferecer água e açúcar ao acidentado.
► Depois de recuperar a consciência a vitima não se deve levantar de imediato mas sim aguardar alguns minutos para restabelecer, porque essa mudança repentina pode proporcionar um novo desmaio.
► Não deve: dar água ou comida a uma pessoa desmaiada, abanar a pessoa, atirar com água ou dar a cheirar produtos fortes para acordar a vítima.
► Se a pessoa não recuperar a consciência mas respirar deve chamar, imediatamente, uma ambulância (112/999) e colocar a vítima em posição lateral de segurança como demonstrado no vídeo seguinte do INEM.