A HEMORRAGIA / SANGRAMENTO ocorre quando há a rutura de um vaso ou vasos sanguíneos com saída de sangue para o seu exterior. Quanto maior é a velocidade e quantidade de sangue que sai do vaso sanguíneo mais grave é a hemorragia.

O Sangue é um tecido vivo que circula pelos vasos sanguíneos (veias, artérias e capilares) que estão espalhados pelo corpo. Tem como principais funções:
  Transporte de nutrientes e oxigénio que são essenciais para o funcionamento das células.
  Levar dióxido de carbono e toxinas até aos órgãos excretores, que libertam estas substâncias para o fora do corpo.
  Proteger o organismo de infecções.
  Realizar a coagulação.

O sangue tem, assim, uma função vital e fundamental para o organismo. Como consequência, a sua perda em situações de hemorragia pode ser bastante prejudicial para o corpo, e em situações de perdas de quantidades excessivas pode ser mortal.
 

Se não consegue estancar o sangramento deve recorrer de imediato a ajuda médica!
Em algumas situações a perda excessiva de sangue pode levar à morte!

 

Diferentes Tipos De Hemorragia

As Hemorragias Externas ocorrem para fora da superfície do corpo sendo facilmente visíveis. Ocorrem normalmente por cortes ou perfurações e podem ser superficiais ou mais profundas tornando o sangramento mais grave. Por vezes, com uma atuação rápida e recurso a técnicas de primeiros socorros, é possível conter este tipo de hemorragia.

As Hemorragias Internas são mais difíceis de detetar porque provocam a rutura de vasos internos mais profundos ou nos próprios órgãos vitais. São causadas por fortes impactos, podem ser invisíveis ou exteriorizarem-se através de hematomas (mancha arroxeada) na região da hemorragia. Nalguns casos surgem sintomas que podem estar relacionados com este tipo de hemorragia: diminuição da tensão arterial, pulso fraco, suores, cianose, tonturas, sede e pele fria. A gravidade depende do órgão atingido, da duração e extensão da lesão. Geralmente são mais graves que as hemorragias externas e requerem cuidados hospitalares imediatos.

 

Como proceder perante um sangramento?

 ►  Parar a saída de sangue aplicando pressão ou compressão com um pano limpo. Se o pano ficar cheio de sangue não se deve substituir por outro porque pode interromper o processo de coagulação do sangue. O procedimento correto é colocar outro pano/gaze por cima.
►  Elevar o membro afetado acima do tórax para dificultar a chegada do sangue à zona da lesada.
  Pedir ajuda médica se o sangramento for grande ou não estancar.
► Se um objeto estiver bastante encravado no corpo não deve retirar pois pode provocar uma hemorragia grave.
► Quando ocorre hemorragia nasal (sangramento pelo nariz) deve levantar a cabeça da pessoa, com o tronco inclinado para a frente, de maneira a evitar o refluxo de sangue para a boca e, apertar a zona mole do nariz para ajudar a estancar o sangue. Colocar compressas frias ou geladas sobre o nariz também pode ajudar a parar o sangramento. Se a hemorragia não parar pode colocar uma gaze ou algodão no interior da narina.
► Durante o processo de auxílio deve manter a vítima acordada e não lhe dar bebida ou alimento.
► Em situações em que ocorre sangramento pela boca, nariz e ouvidos, existe uma suspeita da ocorrência de uma hemorragia interna. Nestes casos deve procurar, imediatamente, ajuda médica.
 

 

  

Vídeo produzido pelo Instituto Nacional de Emergência Médica - como agir perante uma hemorragia.